Estive em um meetup e o questionamento ao final foi

: As máquinas vão substituir o homem no futuro? Eu como um entusiasta e estudante logo falei: – Sim, a máquina vai substituir várias profissões.

Um pouco ousado? Talvez! Porém, temos vários indícios de que isso vai acontecer em uma área que é totalmente humanista, como por exemplo profissionais que lidam com a vida. E questiono, e se as máquinas ajudarem a otimizar e melhorar em todos aspectos?

Confira algumas startups que irão revolucionar o futuro da medicina.

EpistemicSão vários os casos de pessoas que tem ataque de epilepsia o projeto dessa startup criada por Hilda Cerdeira e Paula Gomez consegue avisar em até 25 minutos antes os familiares ou pessoas cadastradas.

Veja o vídeo:

Laura Networks ou somente Robô Laura segundo o texto no site deles: “O Robô Laura foi desenvolvido usando tecnologia cognitiva, ou seja, ele é capaz de aprender. Seu maior diferencial é que ela analisa, entende e conversa diretamente com a área operacional de uma instituição, e assim, sabe de que forma pode auxiliar e facilitar o dia-a-dia dentro da corporação. Encontrar falhas operacionais e informar as pessoas responsáveis a tempo pode poupar tempo, recursos e até vidas.”
Uma máquina  que gerencia riscos! O que uma equipe demoraria dias ela pode fazer de forma mais rápida e efeciente. Para mais detalhes veja o site deles

OneSkin: Qual é uma das maiores falhas do corpo humano? O envelhecimento de sua pele, porém testes em animais são cruéis. A OneSkin produz pele para testes que são hiper-realistas dispensando os meios convencionais.
Eu levanto um ponto interessante, várias pessoas sofrem acidentes, queimaduras ou se submetem a alguma cirurgia que deixam cicatrizes e se no futuro não tivessem mais esse problema? Seria uma das maiores maravilhas pois, até em processo de reconstrução de partes do seu corpo, isso solucionaria todos os problemas e complexidades envolvidas principalmente na recuperação externa. O projeto OneSkin é liderada pela brasileira Caroline Oliveira.

Hoo-Box: Liberdade assim eu resumo essa startup. As pessoas que são cadeirantes seriam ainda mais livres para se locomover (tirando o problema de infraestrutura das cidades). O projeto tem como objetivo controlar uma cadeira de rodas com suas expressões faciais.
Vou deixar um vídeo para que vocês possam compartilhar a mesma sensação de alegria que eu tive ao assistir.
O projeto Hoo-Box foi criado pelo brasileiro Paulo Pinheiro.

 

Por fim, podemos ver que o futuro é incrível e a cada dia que passa a humanidade vai caminhando em grande passos para criação de um futuro melhor.

Essas são algumas da startups que achei interessantes! Conhece alguma outra e gostaria de compartilhar? Pode comentar ou enviar um e-mail deixando sua opinião.

There are currently no comments.