3 erros que podem arruinar o seu site em wordpress

3 erros que podem arruinar o seu site em wordpress

Na frente do computador frustrado? Perdendo todo seu amor pelo WordPress ? Calma! Vou dar 3 soluções para erros comuns no wordpress 🙂

1-) Tela branca da morte

Um dos erros que deve ter custado muitas xícaras de café no mundo todo. Ele, geralmente, é causado por um dos 3 motivos abaixo:

  • Uso em excesso de memória
  • Plugins
  • Tema

 

1- Memória

Vamos lá! Para uso em excesso, você pode definir no WordPress alguns parâmetros que podem resolver, como esse que você insere no wp-config.php após essas linhas:

/** The Database Collate type. Don't change this if in doubt. */
define('DB_COLLATE', '');

Veja com seu provedor de hospedagem qual seu limite de memória (na Imaginare deixamos liberado 300Mb para planos compartilhado e nos planos WordPress a partir de 512Mb)

Para definir 64 megas, caso queira aumentar, basta colocar 128M ou 256m:

define('WP_MEMORY_LIMIT', '64M');

2- Plugins

Se você tem acesso ao wp-admin (caso ainda tenha, costuma zuar tudo) e somente o front-end está tudo em branco, basta ir na parte de plugins, desativar e testar. Caso não funcione tem outra forma: Vá em seu FTP dentro da pasta wp-content/plugins (aqui se encontra todos os plugins, hahaha) e basta apenas mudar ela para plugins ou plugins-test e tentar acessar.

Você pode usar essa mesma técnica  (diga-se, gambiarra) para testar plugins individuais.


3- Temas

Se com os plugins não resolveu, vamos ao tema.

A primeira coisa a se fazer é um backup do tema (fazendo zip ou download via ftp). Logo depois, tente renomear a pasta ou apagar, que o WordPress vai reativar o tema padrão.

Caso isso resolva você já sabe o que é (péssima notícia, aproveite e me mande um e-mail para resolvermos). Mas se mesmo assim ainda estiver com tela branca, vamos mexer com um pouco de código e debugar o wordpress!


Debugando o WordPress

Vamos lá, o processo é bem simples e não oferece nenhum risco ao WordPress.

Em primeiro lugar, abra o arquivo wp-config.php. Em seguida, localize a seguinte linha:

define('WP_DEBUG', false);

Coloque // na frente para que seja desativada, ficando assim:

//define('WP_DEBUG', false);

Agora, logo abaixo cole essas linhas:

define('WP_DEBUG', true);
define('WP_DEBUG_LOG', true);
define('WP_DEBUG_DISPLAY', false);
@ini_set('display_errors',0);

Então, nesse processo, você precisa ter um conhecimento mais avançado (ou me mandar um e-mail, viu?!). Todos os erros serão enviado para um arquivo chamado error.log dentro da pasta wp-content. Se está tendo problema de encontrar, basta criar ele e dar permissões 666.

Abra ele no editor de texto e veja se tem erros no PHP e se não entender, basta apenas mandar um e-mail para que eu possa analisar com mais detalhes.

 

2) Internal server error (Erro mais comum)

Se você está recebendo error 500 internal server error. Então, você pode estar na frente de um grande problema. Vai lá fazer um café e preparar o coração!

Plugins ou Tema

Dei a dica logo acima. É o mesmo processo.

Memória

Novamente, este processo é o mesmo que expliquei lá em cima.

.htaccess com problemas

Caso não seja nenhum dos problemas acima, pode ser o .htaccess. Se você clicar aqui pode fazer o download de um padrão do WordPress (lembre-se de fazer o backup do seu antes) e substituir ele no seu FTP.

Ativar o debug do WordPress

Novamente, este processo é o mesmo que expliquei lá em cima.


3) Erro de banco de dados

Pode haver várias razões para esse erro. É comum um erro no servidor, mas pode ser que você tenha mudado a senha de seu banco de dados.

No entanto, se você está vendo uma mensagem de erro diferente que inclui algo ‘O banco de dados pode precisar de ser reparado … “, então você deve adicionar o seguinte código no seu wp-config.php

<span style="line-height: 1.5;">define('WP_ALLOW_REPAIR', true);</span>

<span style="line-height: 1.5;">

E acessar seu site http://www.meusite.com/wp-admin/maint/repair.php

Então, você vai ver uma opção para reparar o banco de dados. Depois de ter reparado, certifique-se de remover o código acima de seu wp-config.php.

Caso tenha alterado a senha de seu MySQL por algum motivo, basta alterar as seguintes linhas no wp-config.php (esse é quase o coração do wordpress)

define('DB_NAME', 'database-name');
define('DB_USER', 'database-username');
define('DB_PASSWORD', 'database-password');
define('DB_HOST', 'localhost');

<span style="line-height: 1.5;">

Enfim, essas são minhas dicas pra você que tá começando agora ou que se deparou com alguns desses erros. Caso tenha alguma dúvida, pode mandar um e-mail para ola@ronymax.com 

Até a próxima saga!

 

Autor

Amante de tecnologia e aspirante em futurismo, conteúdo e amor e feito para se distribuir ♥ WordPress no sangue e uns códigos na veia.