Notícias

Burger King faz ação contra bullyng veja o resultado

Magricelo, baixinho, gordo, feio, esses são alguns dos adjetivos mais habitualmente utilizados para praticar o bullying. Do xingamento para a agressão costuma ser um passo, mas o que podemos fazer sobre isso?

A rede de lanchonetes Burger King, em ação promocional para o mês de prevenção nacional contra o bullying, nos EUA, decidiu expor a situação em um experimento social, e realizar um vídeo para registrar a reação das pessoas diante de uma cena explícita de bullying.

A premissa é simples: quantas pessoas reagem à cena de um jovem sofrendo bullying em um grupo, em comparação a quantas pessoas reclamam de um sanduíche que “sofreu bullying” – que lhes é entregue todo amassado, depois do Whopper Jr. “levar um soco”. A cena é realizada toda com atores, mas as reações envolvem clientes de fato. A campanha traz ainda relatos de crianças e jovens sobre como se sentem quando assistem esse tipo de cena, e principalmente quando sofrem bullying.

O tema vem se tornando cada vez mais agudo e urgente: cerca de 30% das crianças em escolas de todo o mundo sofrem bullying, e as consequências podem se tornar extremas. O resultado da campanha, como mostra o vídeo, é alarmante: quase todos reclamaram do hambúrguer, e pouquíssimos interviram na cena de violência contra uma criança vista dentro da lanchonete.

“Deixar o bullying acontecer acaba sendo fácil, porque você se sente bem só pelo fato de não estar acontecendo com você”, diz um dos jovens entrevistados. O propósito, portanto, é alertar para a gravidade do bullying e para a necessidade de que não fiquemos calados diante de tal prática – se temos voz para reclamar de nossos sanduíches, temos que ter voz para nos levantarmos contra esse tipo de violência.

Vi lá no Hypeness

Leia mais

Google Primer, estude marketing digital em qualquer lugar

Rony Max

Fnac anuncia sua saída do Brasil, uma oportunidade para Amazon?

Rony Max

Problemas com engajamento no blog? Veja algumas dicas que podem te ajudar

Rony Max